Resenha: A Rainha Vermelha - Victoria Aveyard



Autor: Victoria Aveyard
Editora: Seguinte
Páginas: 422
Lançamento: 2015
O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.
Mare vive em um mundo dividido pela cor do sangue: Vermelho e Prateado. Os Prateados são os nobres e governam tudo, enquanto os Vermelhos ficam com o trabalho duro (dá pra comparar aqui com os distritos de Jogos Vorazes, os mais inferiores são os mais precários) e são constantemente lembrados do poder que os Prateados têm, não só politicamente, mas sim, suas habilidades especiais, como poder de controlar o fogo, metais, e muitos outros.

Mare está prestes a completar 18 anos e vive de pequenos furtos para ajudar sua família a se sustentar. Já a espera do recrutamento, ela é surpreendida quando consegue um emprego no palácio, e a partir daí o que era esperança de se salvar da guerra e de poder ajudar a sua família se torna um pesadelo.

Como é possível uma vermelha possuir poderes que somente prateados possuem? Diante desse mistério, a família real decide esconder as origens de Mare para todo reino, afirmando que ela é uma prateada perdida criada por vermelhos e agora reencontrada. Para manter ela ainda mais próxima, os reis decidem prometê-la em casamento ao príncipe mais novo.

Mas acontece que o "crush" dela é o príncipe herdeiro que está prometido a outra garota... Como se não bastasse esse conflito amoroso, ela ainda tem que lidar com uma rebelião que está cada vez maior entre Vermelhos e Prateados, e que promete ainda muitas surpresas (mais uma vez, lembro de Jogos Vorazes, porque a Katniss era a faísca de toda a revolução, será que Mare conseguiria mudar para melhor a vida de todos que sofriam nas mãos dos prateados?).

E a cada distopia que leio me surpreendo mais. Essa, em especial, se tornou uma das minhas favoritas e não posso esperar para poder ler o próximo livro da trilogia!

Até uma certa parte do livro eu mantinha a opinião de que era só mais uma distopia em meio a tantas outras, mas quando me veio o final... Uma reviravolta digna de um tapa na cara da gente, daquelas que você para um pouco para processar a informação.

A narrativa, na verdade, é muito boa e a tradução está impecável!

Jogos Vorazes + A Seleção + Um final de tirar o fôlego = LEIAM.

6 comentários:

  1. Mari!
    Li esse exemplar e também acredito que é uma das melhores distopias que já li, reviravolta total no final, né? Adorei!
    Agora quero ler os outros livros da série.
    “Não basta conquistar a sabedoria, é preciso usá-la.” (Cícero)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa que final, não é mesmo?! Haha, estou doida para ler a sequência, bjss Rudy!

      Excluir
  2. Li esse livro e me apaixonei, já amava A Seleção e Jogos Vorazes e eles juntos só podia dar esse livro maravilhoso, não vejo a hora de poder ler os outros livros da série.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou muito ansiosa para ler a continuação! bjss

      Excluir
  3. Comecei a ler recentemente esse livro em e-book no meu tablet.
    Mas justamente quando eu estava me sentindo totalmente envolvida com a trama, o tablet queima!

    Vou tentar adquirir o livro físico. Estou na maior expectativa! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale super a pena, o final é de matar, haha! Bjss

      Excluir

Participe

A Blogueira



Mari, ariana, apaixonada por livros, séries, filmes e maquiagem. Pretende cursar Relações Públicas e viajar o mundo inteiro. Quer saber mais? Acompanhe nas redes sociais...

Acompanhe

Fanpage

Leitores

Último Vídeo

Siga por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Tutoriais de Beleza

PróximasResenhas

Todos os Posts