Crítica | Black Mirror: S03E06 - Odiados Pela Nação

em 23 de out. de 2020

Olá leitores, tudo bem? 

Hoje vou compartilhar com vocês a minha opinião sobre o sexto e último episódio da terceira temporada de "Black Mirror" da Netflix, espero que gostem!



Neste último episódio da temporada chamado "Odiados pela Nação", temos uma dupla de detetives, Karen e Blue, tentando desvendar duas mortes e a ligação dessas vítimas com ataques sofridos nas redes sociais.

Além disso, temos um cenário ambiental muito interessante. No futuro as abelhas não existem mais, e como elas são importantes, através da polinização, os pesquisadores criaram uma espécie de abelha robô que faça o mesmo trabalho das abelhas, e que é claro, são controladas. E é esse último aspecto que desperta o interesse de controle por parte do governo.



Este episódio é uma crítica sobre o discurso de ódio propagado pelas redes sociais nos dias atuais, como as pessoas agem de maneira coletiva e inconsciente e o impacto psicológico na vidas das pessoas que são perseguidas digitalmente, além de criticar problemas ambientais e governamentais, um dos mais legais da série, ao retratar a falta de privacidade sofrida pela sociedade constantemente vigiada pela tecnologia.



Mais uma vez, o autor não quis criticar a tecnologia ou as redes sociais, mas sim o que fazemos com ela. A tecnologia é neutra, o que fazemos com ela é que importa. Fechou com chave de ouro a terceira temporada. Agora partimos para a quarta!

E você, já assistiu ou pretende assistir? Conte aí nos comentários...
LEIA MAIS

TAG: Minha Cidade (Pronta)

em 21 de out. de 2020

Olá leitores! Tudo bem?

Mais uma tag pessoal aqui no blog, vou contar para vocês um pouco mais sobre minha cidade!


1) Qual sua cidade e estado? Eu moro em Belo Horizonte, MG.

2) A sua cidade é grande? Sim, muito grande!

3) Você acha que sua cidade tem um bom prefeito? Acho sim. 

4) Você nasceu na cidade em que mora atualmente? Sim, nasci e sempre morei aqui.

5) Você mora em um lugar calmo ou barulhento? Barulhento, passa carro e ônibus na rua toda hora.

6) Tem área verde na sua cidade? Sim, inclusive atrás da minha casa tem um parque.

7) Qual é o seu lugar favorito para passear na sua cidade? Pontos turísticos.

8) Você gosta das lojas da sua cidade? Gosto, são muitas...

9) Você gostaria de mudar de cidade? Se sim, qual? Gostaria de mudar de país, haha!

10) Você conhece a cidade inteira, ou tem lugares que você nunca foi? É impossível conhecer tudo aqui em BH, depois que comecei a estudar turismo conheci mais da cidade, mas ainda falta bastante...

11) Tem muitos eventos e baladas na sua cidade? Diariamente, bem badalada.

12) Você já foi assaltado na sua cidade, ou se envolveu em algum acidente? Já fui quase assaltada... Longa história.

13) Se pudesse, o que mudaria na sua cidade? Praiaaaaaaa!

14) Indicaria sua cidade para outras pessoas morarem? Para quem gosta de cidade grande e urbanizada, cheia dos barzinhos badalados, pão de queijo, sim!
LEIA MAIS

Seriado: The Alienist - 1° Temporada [Resenha]

em 16 de out. de 2020

Olá leitores, tudo bem? 
Hoje vou compartilhar com vocês a minha opinião sobre o seriado "The Alienist" da Netflix, espero que gostem!



Pensa em uma série que me deixou perplexa?! Pois é, acabei ela em um dia de tão interessante.

Estamos em Nova York em 1896, e um corpo de uma criança é encontrado na cidade. A polícia começa a investigar e conta com a ajuda de um especialista em mentes "alienadas" (se fosse hoje, eu chamaria de psicopatia), ele é um cara bem excêntrico, amado por uns e odiados por outros, por assim dizer.


Ele não está sozinho, temos um ilustrador jornalístico e uma jovem secretária na equipe do médico para tentar resolver esse crime. Ao longo da série eles vão descobrindo pistas que levam até o assassino.

O que eu achei de interessante foi que a série abordou como era o começo das pesquisas relacionadas à mente e à psicologia, ainda mais para resolver casos policiais. Outro ponto foi o fato de temos a primeira mulher trabalhando no departamento policial, e enfrentando as consequências disso. E além disso, fiquei um pouco surpresa com as casas de prostituição da época, e que como o tema "gênero" já era discutido naquela época. 


Eu super recomendo essa série para vocês!




E você, já assistiu ou pretende assistir? Conte aí nos comentários...
LEIA MAIS

TAG: Conhecendo Melhor

em 14 de out. de 2020

Olá gente! Tudo bom?

Essa tag é bem pessoal para vocês conhecerem um pouco mais sobre euzinha aqui!



1. Nome completo: Mariane Rodrigues Nery.

2. Onde você mora? Belo Horizonte, MG.

3. Estado civil/tem filho? Solteira, não.

4. Sua comida favorita? Açaiiiiii.

5. Comida que você não gosta? Legumes e verduras.

6. Qual sua bebida favorita? Suco de uva.

7. Bebida que você não gosta? Cerveja.

8. O que você menos gosta em você? Minha preguiça.

9 . Qual seu pior defeito? Sou ansiosa.

10. O que é importante para você em uma pessoa? Caráter.

11. Qual tipo de filme você mais gosta? Comédia e animação.

12. Qual sua estação do ano preferida? Verão.

13. Quantos irmãos você tem?
 Tenho uma irmã.

14. Qual esporte você pratica? Nenhum, faço academia.

15. Qual seu time? Cruzeiro.

16. Doce ou salgado? Salgado (doce, só chocolate e açaí).

17. Qual animal você mais gosta e qual menos gosta? Gosto muito de cachorros e não gosto de insetos.

18. Que tipo de música você mais gosta e qual menos gosta? Sou muito eclética, gosto de tudo. A única exceção é música eletrônica.

19. Qual sua cor preferida? Rosê gold e azul turquesa.

20. Uma frase: Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos. - O Pequeno Príncipe


Espero que tenham gostado pessoal! 


LEIA MAIS

Resenha: Easy - Tammara Webber

em 12 de out. de 2020

Olá leitores, tudo bem? 
Hoje vou compartilhar com vocês a minha opinião sobre o livro "Easy" da autora Tammara Webber, espero que gostem!


Autor: Tammara Webber
Editora: Verus
Páginas: 308
Lançamento: 2013
"Quando Jacqueline segue o namorado de longa data para a faculdade que ele escolheu, a última coisa que ela espera é levar um fora no segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma universidade que nunca quis, ignorada por seu antigo círculo de amigos e, pela primeira vez na vida, quase repetindo em uma matéria. Ao sair de uma festa sozinha, Jacqueline é atacada por um colega de seu ex. Salva por um cara lindo e misterioso que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer aquela noite — mas Lucas, o cara que a ajudou, agora parece estar em todos os lugares. A atração entre eles é intensa. No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade — e encontrar o poder inesperado do amor."
Estava eu seguindo a linha de ler livros do gênero New Adult, completamente apaixonada por autoras como Jamie McGuire e Colleen Hoover, até quando me deparo com este livro, e ele se torna o meu favorito de todos os tempos nesse estilo.

A história é sobre Jacqueline, uma garota que segue seu namorado para a faculdade que ele escolheu, mas que depois de um tempo termina com ela. Ela, é claro, fica bem chateada por um tempo, pois abdicou de suas vontades para seguir o ex... 

Como se nada pudesse piorar, ao sair de uma festa ela é atacada por um conhecido da faculdade que tenta estuprá-la, mas é nesse momento que surge o nosso badboy favorito, Lucas. Ele é um cara misterioso e sexy, que a salva nesse momento e daí em diante eles começam a se aproximar. 

Mas ela ainda está em processo de superação do outro relacionamento e ainda tem de lidar com as notas da faculdade que caíram desde a separação, mas além disso ela se ver super interessada pelo monitor dessa matéria que ela está quase reprovando.

São muitas coisas acontecendo, mas tudo se intercala de uma maneira suave. É impossível não se apaixonar pelos personagens, eles são cativantes. E o romance vivido por Jacky e Lucas é bem intenso e de tirar o fôlego. O drama da história gira em torno da tentativa de estupro, que não acontece somente com a nossa protagonista, infelizmente...

Enfim, eu adorei este livro e indico para você que não perde uma história não tão adulta, mas também não juvenil. Afinal, esse é o gênero New Adult, e um dos meus favoritos do momento!

E vocês já leram o livro ou querem ler? Deixe aqui nos comentários...
LEIA MAIS
Topo