Resenha: A Outra Vida - Susanne Winnacker




Autor: Susanne Winnacker
Editora: Novo Conceito
Páginas: 272
Lançamento: 2013

O mundo de Sherry — de uma hora para outra — mudou completamente. Por causa de um vírus muito contagioso, as pessoas que ela costumava conhecer, e quase todas as pessoas de sua cidade, Los Angeles, na Califórnia, se transformaram em mutantes assustadores.
Esses mutantes têm uma força excessiva, são ágeis, o corpo é coberto de pelos, eles lacrimejam um líquido imundo e… comem gente! Portanto, não há muito o que fazer — talvez tentar fugir — quando se encontra algum deles. A não ser que você tenha ao seu lado a força e a determinação de um jovem como Joshua.
Joshua perdeu uma irmã para os mutantes e sua raiva é tão grande que ele seria capaz de vingar todos aqueles que perderam alguém para as criaturas. No entanto, para que esta revanche aconteça, é preciso prudência. Afinal, até que ponto a disseminação deste vírus foi uma coisa realmente natural? Que poderosos interesses estão por trás desta devastação?
E será que Joshua e Sherry conseguirão ter a cautela necessária para lutar contra as criaturas justo agora que seus corações estão agitados pelo começo de uma paixão?
Estou numa fase bem viciada em distopias, então resolvi dar uma chance pra esse livro que já havia comprado faz tempo.

Nele temos a história de Sherry, ela vive em uma Los Angeles quase inabitada devido ao contágio de um vírus que transformam as pessoas em uma espécie de "besta", é quase um zumbi. Desde o começo dessa epidemia, o governo aconselhou que os sobreviventes fossem para abrigos subterrâneos e esperassem um aviso para sair em segurança de lá.

Mas se passam três anos e os alimentos da família de Sherry se esgotam, forçando ela e seu pai a sair em busca de algo para se alimentar. Quando eles chegam a um supermercado são atacados por Chorões, as bestas são chamadas assim porque choram uma gosma preta e contaminam os outros, e o pai acaba sendo capturado por eles. Sherry consegue ser salvar com a ajuda de Joshua, o boy herói. E juntos vão em busca do pai e de ajuda para sobreviver.

Em toda distopia porém, sabemos que não é só isso que irá acontecer, porque sempre existem um esquema complexo de fatos e segredos para serem desvendados. Enfim a premissa é aquela típica de toda distopia.

A narrativa da história é muito boa, a autora conseguiu transmitir a ideia e ir até o final deixando uma brecha enorme para uma continuação. Eu super recomendo esse livro para fãs de distopias!



2 comentários:

  1. Nunca fui tão fã assim de distopias. Gosto de algumas. Não de todas!
    Mas gosto muito quando há um grande mistério em torno da trama.
    E lendo a resenha, vejo que o casal Sherry e Joshua, vão viver grandes aventuras. O que gosto demais!

    Fiquei com vontade de ler. :)

    ResponderExcluir
  2. Mari!
    Li esse livros há anos atrás, acredito que quando as distopias estavam se iniciando aqui no Brasil e na época, fiquei exultante com um livro que trazia 1bestas' tipo zumbis que dominavam a sociedade.
    Lendo sua resenha e depois de outros tantos livros de distopia, percebo que o assunto ficou banalizado e mais do mesmo...
    “A amizade, depois da sabedoria, é a mais bela dádiva feita aos homens.” (François La Rochefoucauld)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Participe

A Blogueira



Mari, ariana, apaixonada por livros, séries, filmes e maquiagem. Pretende cursar Relações Públicas e viajar o mundo inteiro. Quer saber mais? Acompanhe nas redes sociais...

Acompanhe

Fanpage

Leitores

Último Vídeo

Siga por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Tutoriais de Beleza

PróximasResenhas

Todos os Posts