Resenha: O Projeto Rosie


O Projeto Rosie

Autor: Graeme Simsion
Editora: Galera Record
Páginas: 320
Lançamento: 2013

Para se ter a vida de Don Tillman, não é preciso muito esforço. Às terças-feiras come-se lagosta com salada de wasabi (seguindo um roteiro com refeições padronizadas que evitam o desperdício de ingredientes e de tempo no preparo); todos os compromissos são executados de acordo com o cronograma – alguns minutos reservados para a prática do aikido e do caratê antes de dormir; uma hora para limpar o banheiro; três dias da semana reservados para suas idas à feira – e se, apesar dessa programação, algum desagradável contratempo surgir em sua rotina, não há nada que não possa ser solucionado com meia hora de pesquisa científica.
Exceto as mulheres.
Até o momento, a única coisa não esclarecida pelos estudos no campo de atuação de Don, a genética, é o motivo para sua incapacidade de arrumar uma esposa. Uma namorada ao menos? Ou até mesmo uma amiga para somar ao seleto grupo de amigos de Don, formado por Gene, também professor na universidade, e a mulher dele, Claudia, psicóloga e esposa muito compreensiva.
Para solucionar esse problema do modo mais eficaz, Don desenvolve o Projeto Esposa, um questionário meticuloso que irá ajudá-lo a filtrar candidatas inadequadas a seu estilo de vida: fumantes JAMAIS, e mulheres que se atrasam por mais de cinco minutos ou que usam muita maquiagem estão fora dos critérios pouco flexíveis que o levarão à mulher ideal.
O único problema é que um questionário desse tipo exige tempo e dedicação, duas coisas que começaram a diminuir exponencialmente no cotidiano de Don desde que ele conheceu Rosie: fumante, vegetariana e incapaz de chegar na hora marcada. Ou esse era o único problema até Rosie entrar na vida de Don e – despretensiosamente, uma vez que ela nunca se candidatou ao Projeto Esposa – mostrá-lo que a mulher ideal não existe, mas o amor, sim.

Quanto tempo não leio um livro narrado por um protagonista masculino... Já estava até com saudades!

Dom Tillman, geneticista de 39 anos, está a procura de uma esposa. Ele é inteligente, elegante e observador, mas mantém alguns hábitos digamos não muito "comuns", que chega a ser divertidíssimo. Ele desenvolveu o "Projeto Esposa", que é um questionário com diversos pré-requisitos para as suas pretendentes responderem e a que se encaixar melhor, seria a sua nova esposa. (Vocês não fazem noção de como tudo isso é engraçado)

Rosie perdeu sua mãe em um acidente e acabou de descobrir que seu pai é adotivo, desde então está a procura de seu pai verdadeiro.

Logo ao se conhecerem, Dom constata que Rosie jamais seria a sua esposa ideal, mas aceita ajudá-la a procurar pelo seu pai verdadeiro, coletando amostras de DNA de todos os colegas de faculdade de sua falecida mãe, cientificamente falando, "Projeto Pai".

E por passarem tanto tempo juntos eles aprendem a conviver com os defeitos um do outro, é como diz o ditado "Os opostos se atraem", e Dom percebe que para o amor não existe regras e nem formulários.

Eu amei a história e a forma como foi conduzida. Dom é encantador, mesmo com seu jeito esquisito, rsrs!

"O Projeto Rosie" se tornou um dos meus favoritos esse ano! É uma leitura recomendadíssima!


Beijos e até a próxima!

2 comentários:

  1. Olá, tudo bem?

    Eu já li esse livro e gostei bastante, apesar de algumas ressalvas. Achei o enredo muito interessante e a edição está muito caprichada. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

A Blogueira



Mari, ariana, apaixonada por livros, séries, filmes e maquiagem. Pretende cursar Relações Públicas e viajar o mundo inteiro. Quer saber mais? Acompanhe nas redes sociais...

Acompanhe

Fanpage

Leitores

Último Vídeo

Siga por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Tutoriais de Beleza

PróximasResenhas

Todos os Posts