Resenha: Como Viver Eternamente



Autor: Sally Nicholls
Editora: Geração
Páginas: 232
Lançamento: 2014
Sam ama fatos. Ele é curioso sobre óvnis, filmes de terror, fantasmas, ciências e como é beijar uma garota. Como ele tem leucemia, ele quer saber fatos sobre a morte. Sam precisa de respostas das perguntas que ninguém quer responder. ”Como Viver Eternamente”, é o primeiro romance de uma extraordinária e talentosa jovem autora. Engraçado e honesto, este é um livro poderoso e comovente, que você não pode deixar de ler. A autora tem apenas 23 anos e embora seja seu primeiro livro, ele está sendo lançado em 19 países, dirigido a crianças, adolescentes e adultos.

Quando a história, assim como o livro inteiro, te encanta e te surpreende de uma maneira inigualável, fica difícil de falar sobre ele.

Como expressar em uma resenha tudo aquilo que o livro me trouxe?

Tamanhas emoções que nem eu mesma conseguiria explicar!

"Como viver eternamente' é um livro que me marcou e que vai viver eternamente na minha memória, porque de uma forma tão doce, romântica e divertida tocou o fundo do meu coração.

Sam é um garoto de onze anos e que têm câncer, sabe que vai morrer... mas não se deixa abalar. Junto com seu amigo Félix, Sam vai em busca de realizar seus últimos desejos.

É impossível não se apaixonar pelos dois, que mesmo passando por momentos difíceis não esquecem de sonhar e de viver.

Quando você começa a leitura não quer parar, até porque a narrativa é bem leve, com capítulos curtos e bem dinâmicos. Um livro pra se ler em um dia. Mas também um livro pra se ler com calma e ir absorvendo cada detalhe, cada mensagem bem devagarzinho... e no final deixar a emoção falar mais alto.

Aprendi com o Sam que a vida é maior que qualquer problema e que não há nada nesse mundo que nos empeça de sonhar e de ir em busca da realização.

Não preciso dizer que a leitura desse livro está mais do que recomendadíssima né?!

Beijos e até a próxima!!

9 comentários:

  1. Que livro fofo. Fiquei curiosa só pelo fato da autora ser super jovem. Fiquei com uma invejinha branca rsrs

    ResponderExcluir
  2. Eu acho esse livro um mimo... e a cada resenha me apaixono mais e fico com vontade de comprar pra ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente encantador esse livro, espero que goste! Bjs

      Excluir
  3. Nunca tinha lido a resenha desse livro mas me encantei com o que você disse na sua.
    Por um momento assimilei a história dele com a culpa é das estrelas,mas foi só por um minuto,esse gênero de livro sempre tem o costume de mexer com o meu emocional por isso nunca leio quando estou de tpm se não passo o livro inteiro chorando:'(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, esse tipo de livro não se pode ler na TPM, rsrs!

      Excluir
  4. Oi Mari, tudo bem?
    Que bom que você gostou do livro, eu quero muito ler ele, sei que a historia pelo visto é muito triste e que o livro deve nos render muitas lagrimas, mas creio que temos muito o que aprender com o Sam, ele é um garoto e tanto né, adorei a resenha.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Mari!
    Sou muito em cima do muro quando se trata desse livro. Sempre vejo inúmeras resenhas positivas sobre ele, dizendo o quanto é tocante e nos faz chorar baldes de lágrimas, e acho que é exatamente por isso que ainda tenho um pouco de receio em lê-lo...
    Mas é bem provável que eu acabe me rendendo aos encantos dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito triste mesmo, mas vale super a pena!

      Beijos!!

      Excluir

Participe

A Blogueira



Mari, ariana, apaixonada por livros, séries, filmes e maquiagem. Pretende cursar Relações Públicas e viajar o mundo inteiro. Quer saber mais? Acompanhe nas redes sociais...

Acompanhe

Fanpage

Leitores

Último Vídeo

Siga por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Tutoriais de Beleza

PróximasResenhas

Todos os Posts