Filme: Viva: A Vida é uma Festa

em 5 de mar de 2019


Olá leitores, tudo bem? 
Faz um tempinho que assisti este filme nos cinemas e quis fazer a resenha para vocês porque ele é simplesmente maravilhoso...


Direção: Lee Unkrich, Adrian Molina
Estreia: 4 de janeiro de 2018 
Duração: 1h 45min
Origem: EUA
Classificação indicativa: Livre

"Miguel é um menino de 12 anos que quer muito ser um músico famoso, mas ele precisa lidar com sua família que desaprova seu sonho. Determinado a virar o jogo, ele acaba desencadeando uma série de eventos ligados a um mistério de 100 anos. A aventura, com inspiração no feriado mexicano do Dia dos Mortos, acaba gerando uma extraordinária reunião familiar."
Engana-se quem pensa que este filme é apenas mais uma animação infantil... 

Repleto de música e poesia, Viva: A Vida é uma Festa se passa durante o tradicional feriado mexicano, o Dia dos Mortos. Para eles, nessa data os mortos ganham uma permissão para visitar os entes queridos vivos, e eles por sua vez os recebem com festa, comida, bebidas, música, flores e velas.


Miguel é apaixonado por canções, mas a música foi banida de sua família há décadas, quando seu tataravô abandonou a esposa e os filhos para ir atrás da carreira musical, e esse trauma permaneceu gerações na família Rivera.

O garotinho passa então a viver esse conflito, entre a tradição familiar e o sonho de ser músico até que ele embarca numa jornada pelo mundo espiritual, indo de encontro a suas origens e conlhendo ensinamentos para a vida toda.

Eu adorei o filme, porque ele abordou um tema pesado que é a morte de uma forma muito leve e divertida. Vários momentos durante o filme eu me emocionei (e como choro até com comercial de margarina, vocês podem imaginar...), pois a mensagem dele é muito bonita, ele nos ensina que enquanto existir um laço de amor e de lembranças, os nossos entes queridos sempre estarão presentes a nós.


Além disso, o filme é bastante divertido, os personagens são muito engraçados, principalmente a caveira Hector... E também a música do filme, que foi indicada ao Oscar, "Remember me", deu um toque a mais na produção...


Vocês já assistiram? Se emocionaram igual a mim? 

Um comentário:

  1. Mari!
    Estou com esse filme para assistir, mas ainda não tive oportunidade.
    Adoro animações gráficas e ver que aqui traz um tema como a morte de forma engraçada e hilário, torna o filme ainda mais agradavel.
    Valeu pela dica.
    cheirinhos
    rudy

    ResponderExcluir

Topo