Resenha: Divergente


Divergente

Autor: Veronica Roth
Editora: Rocco
Páginas: 502
Lançamento: 2013

Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.
A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é.
E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.

Beatrice Prior vive em um mundo formado por cinco facções: Abnegação, Amizade, Audácia, Erudição e Franqueza. Ela nasceu na Abnegação, mas nunca se sentiu confortável por lá. Aos dezesseis anos é possível mudar de facção através do Teste de Aptidão, que irá indicar o lugar que você pertencerá.

Porém, os testes de Beatrice foram inconclusivos, ou seja, ela pertence a mais de uma facção, isso seria o mesmo que dizer que ela é uma Divergente. E isso para o governo significa que ela ela é uma ameaça já que não pode ser controlada, para sobreviver ela terá que manter esse segredo guardado. 

Ela escolhe ir para a Audácia e lá passa por vários testes até ser aprovada definitivamente na facção. E logo se sente atraída por seu instrutor Four (Quatro), um homem sexy e misterioso. Entretanto, uma grande crise politica começa a crescer revelando que as facções não são o que parecem.

O enredo e os personagens são muito bem construídos e conduzidos ao longo da história e se tornou uma das minhas distopias favoritas!

Sei que a maioria de vocês já leram o livro ou viram o filme e quem ainda não leu nem viu está perdendo uma grande distopia.

Beijos e até a próxima!

5 comentários:

  1. Oii
    Gosto de distopias, mas ainda não li os livros.
    Eu sei, acho que sou a única..rs
    Confesso que no momento não pretendo ler, quem sabe mais para frente.
    Mas gostei de sua resenha..

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi :)

    Eu gostei bastante de Divergente, mas depois que li Insurgente desanimei da série e decidi que não leria mais. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda vou ler Insurgente, espero não me decepcionar!

      Beijos!

      Excluir
  3. Já vi o filme o livro ainda não tive a oportunidade de ler parece ser melhor que o filme sempre é, espero ter a oportunidade de ler.

    ResponderExcluir

Participe

A Blogueira



Mari, ariana, apaixonada por livros, séries, filmes e maquiagem. Pretende cursar Relações Públicas e viajar o mundo inteiro. Quer saber mais? Acompanhe nas redes sociais...

Acompanhe

Fanpage

Leitores

Último Vídeo

Siga por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Tutoriais de Beleza

PróximasResenhas

Todos os Posts