Resenha Premiada: Cidades de Papel


Olá gente linda !!

Preparados para mais uma resenha? Então vamos lá !! Como vocês escolheram a resenha de hoje é "Cidades de Papel".

Cidades de Papel

Autor: John Green
Editora: Editora Intrínseca
Páginas: 361
Lançamento: 2013
Em Cidades de papel, Quentin Jacobsen nutre uma paixão platônica pela vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman desde a infância. Naquela época eles brincavam juntos e andavam de bicicleta pelo bairro, mas hoje ela é uma garota linda e popular na escola e ele é só mais um dos nerds de sua turma.
Certa noite, Margo invade a vida de Quentin pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola, esperançoso de que tudo mude depois daquela madrugada e ela decida se aproximar dele. No entanto, ela não aparece naquele dia, nem no outro, nem no seguinte.
Quando descobre que o paradeiro dela é agora um mistério, Quentin logo encontra pistas deixadas por ela e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia.

Gente, a cada dia que passa eu amo mais o John Green, não tem jeito, esse ano ele foi o meu autor favorito !!! ♥♥♥

Depois de ter me apaixonado pelo livro "A Culpa é das Estrelas" resolvi apostar em mais um livro do John e valeu super a pena.

No início eu pensei em algo mais dramático assim como ACEDE, mas me surpreendi, porque é totalmente diferente.

A narrativa é cativante e os capítulos passam voando, sem contar que o livro é cheio de reflexões de tirar o folego e diálogos super divertidos.

Confesso que me encantei com o protagonista logo de cara, Quentin Jacobsen, ou simplesmente "Q" como os amigos o chamam.

E ele sempre foi apaixonado por sua amiga de escola e vizinha, Margo. Quando crianças, eles eram bem próximos, mas os dois foram crescendo e ela se tornou a garota mais popular da escola e ele se tornou uma garoto nerd e certinho.

Eles não se falavam muito até que uma certa noite Margo invade o quarto de Quentin convidando-o para fazer parte de um plano onde ela se vingaria de algumas pessoas. Quentin, como toda pessoa apaixonada, aceita participar desse tal plano, que no final ocorre tudo bem. Mas no dia seguinte Margo desaparece inesperadamente.

Até ai vocês têm alguma dúvida que essa Margo é meio que perturbada? Pois é, não é a primeira vez que ela desaparece do nada e depois volta, mas Quentin sabe que todas as vezes que ela some ela deixa pistas, e então ele começa a procurar por elas.

Ai é que entra o suspense da história, porque queremos saber onde a próxima pista levará e onde e porquê Margo fugiu.

Se você já leu "A Culpa é das Estrelas", sabe muito bem que o John tem o dom de fazer com que o final do livro nunca esteja da forma como imaginamos ou queremos, então preparem-se!

Enfim, eu adorei o Q, mas por outro lado, eu não gostei muito da Margo. Achei ela muito fútil e cheia de "mimimi". Mas isso vai de acordo com o leitor.

Em suma, o livro é genial e foge dos padrões. E você provavelmente não vai chorar no final ... rsrs 


Espero que tenham gostado da resenha !!! 
Beijos

Para ganhar esse kit de marcadores, basta comentar nessa resenha (não precisa ser nada caprichado, mas tem que mostrar que você a leu. Comentários do tipo "Adorei a resenha" ou "Vou ler o livro" não participarão do sorteio) e colocar o seu e-mail.



Não deixem de comentar !!!

10 comentários:

  1. Confesso que John Green nunca chamou muito a minha atenção. Ok, todos temos conhecimento da existência e do sucesso desse autor, mas devido ao fato de, basicamente, todas histórias que o autor escreveu serem tristes, eu acabo não sendo uma das pessoas mais animadas quando se trata de uma obra dele. Sempre dou atenção para outros autores e o deixo de lado.
    Mas, como você disse na sua resenha que "Cidades de Papel" foge do convencional do autor, ou seja, lágrimas u_u kkkkkk, eu acabei ficando curiosa e com vontade de dar uma chance para a história.
    Pela sinopse, não parece o tipo de livro que eu ficaria loooouca pra ler ou comprar, mas já que é John Green né? Acho que vale a pena dar uma chance u_u

    Parabéns pela resenha! ^-^

    Beijinhos e um ótimo final de semana! :*
    www.inconstantecontroversia.blogspot.com
    E-mail: rafa_vegetal@hotmail.com (sim, sou uma pessoa excepcionalmente criativa... sqn)

    ResponderExcluir
  2. bom, eu só li teorema desse autor, quero mto ler os outros, mas nem sei por qual começar... achei a capa desse livro mto linda...
    não sei porque, mas o enredo me lembrou um filme que vi um tempo atrás, chamado Moonrise Kingdom, em que a protagonista foge junto com o menino que é apaixonado por ela. Mas acho que as semelhanças ficam por aí... bom, só lendo pra descobrir se eu vou curtir ou não...
    eu não cheguei a chorar com Teorema, e creio que com esse tbm não xD
    bjs

    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    psychokillerstrange@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nenhum livro do John Green, mas já tenho A Culpa é das Estrelas na minha estante :)
    E pelo o que leio nas resenhas que os livros dele são ótimos, Quem é você, Alasca? e Cidades de Papel já estão minha lista de compras, Teorema Katherine prometeram que iam me dar, ainda estou aguardando,rsrs. Outro livro que estou ansioso para ler é Deixe a Neve Cair. Vou só terminar a série que estou lendo para iniciar esta nova leitura.
    Até mais.

    Meu email para contato: victorleandro12@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Olá! Como vai?
    Sinceramente, esse "E você provavelmente não vai chorar no final..." seguido de "rsrs" me deixou curiosa, um pouco evasiva, entretanto curiosa. Comprei o livro de presente para mim de dia das crianças, entretanto ainda não o li. Quase morri lendo ACDA, e creio que os outros livros do John sejam ótimos.
    Voltando a falar de Cidades de Papel, creio que seja muito bom. Estou com altas expectativas - é claro que não, eu não deveria, mas é imprescindível. Não costumo gostar de pessoas populares, elas parecem ser, e na maioria das vezes são, muito metidas; se a Margo for assim, não vou gostar dela. Apesar de que gente perturbada, às vezes, é um amor. O Q parece ser um garoto legal, e esse negócio das pistas foi muito inteligente.
    Estou louca para ler essa grande obra do João Verde.
    Beijos,
    Karol.
    http://heykarol.blogspot.com.br/
    karolmelo1999@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Não li ainda esse livro do John, além de ACEDE claro. Mas tenho uma fonte intuição que deve ser bom. Bem pelo que vi, acho que não vai ter tanto sofrimento como ACEDE rsrsrs. Mas pelo que vi na resenha Margo é cheia de frescurinha e não é muito na do Q. Mas aposto que John reserva uma grande final para o casal.

    Email: kelry_caroline@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nada de John Green, mas adoro suspense. Com certeza esse livro promete. Finais surpreendentes são algo raro no mundo literário.

    Paulashads@gmail.com

    ResponderExcluir
  7. De todos os livros do john eu prefiro esse é mais emocionante de ler comprarado com ACÉDE :)
    valtersouza.vs@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. O começo é legal mais depois não gostei perde muito o contexto e fica sem graça , espera melhor do autor.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Eu ainda não li esse livro mais achei o início da resenha maravilhoso e a Margo doidinha é realmente o Q. Um amor, agora no final deve ser meio estranho pelo que vc falou "vc não vai chorar no final então isso quer dizer que ele vai encontrá-la e eles vão seguir caminhos opostos.rsrsr

    ResponderExcluir

A Blogueira



Mari, ariana, apaixonada por livros, séries, filmes e maquiagem. Pretende cursar Relações Públicas e viajar o mundo inteiro. Quer saber mais? Acompanhe nas redes sociais...

Acompanhe

Fanpage

Leitores

Último Vídeo

Siga por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Tutoriais de Beleza

PróximasResenhas

Todos os Posts