Resenha: Delírio


Olá Leitores !!!! Hoje tem mais uma resenha aqui no blog, "Delírio", da autora Lauren Oliver.

Delírio


Autor: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Páginas: 342
Lançamento: 2012
Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?

Como seria viver sem o Amor? Não só o amor entre um casal, mas o amor como um todo. O amor de mãe, de pai, família, amigos ... enfim, até as coisas mais simples da vida?

Viver sem o amor significa não se importar. E não se importar significa não sofrer. E sofrimento significa dor.

É essa a realidade de Lena. Uma realidade onde o amor é um doença. E como uma doença, delíria nervosa como é chamada, tem que ser tratada o mais rápido possível antes que seja tarde demais.

Desde pequena, as crianças aprendem a temer a doença, e aos dezoito anos eles passam pela Intervenção de onde já saem curados.

Faltam apenas poucos meses para Lena completar dezoito anos, e ela não aguenta mais esperar para receber logo a cura. Porque ela teme ficar igual a mãe, que cometeu suicídio após rejeitar a cura. Ela quer que as pessoas parem de olhar para ela como se ela fosse igual á mãe.

Lena tem uma melhor amiga que se chama Hana, mas as duas têm opiniões diferentes sobre a intervenção.
Hana quer aproveitar enquanto há tempo, já Lena não vê a hora de ser curada.

Só que poucos meses antes da intervenção, Lena conhece Alex e aos poucos vai se apaixonando por ele, e quando cai a fixa, ela percebe que contraiu a delíria nervosa, ou seja, se apaixonou.

E a partir de então Lena passa de uma menininha boba e inocente que acredita em tudo e cega á realidade, para um mulher determinada a enfrentar quem for para ficar com seu verdadeiro amor, uma mulher que quer justiça pelo que aconteceu com a mãe e que não vai deixar o governo assumir o controle sobre seus sentimentos e sua personalidade.

Eu gostei muito do livro, é uma distopia bem construída e criativa.
Não vejo a hora de ler Pandemônio !! :)
Beijos e até mais !!! 

11 comentários:

  1. Oie :)

    Eu não curti muito Delírio por N motivos que estão na minha resenha, mas irei ler Pandemonium !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh Biel, que pena que você não gostou :( !! Eu também irei ler Pandemônio ... ♥♥♥ Beijos

      Excluir
  2. humm.. achei a história bem interessante..
    Gente, já pensou em um mundo sem amor, se hoje, na realidade, existe amor, e acontece tantas coisas ruins, imagine se ninguém amasse!!!
    fiquei curiosa para ler esse livro ^^
    xoxo
    Isis - minhaestantecolorida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Parece uma história muito boa. Adorei a resenha e a Postagem. Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Olá !
    Já li esse livro e me apaixonei!
    Confesso que o final não me agradou muito, rs. Por isso acabei não lendo o segundo ainda.
    Mas pretendo ler logo, parece ser muito bom!
    E a capa é maravilhosa!!
    Ótima resenha.
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Ana, concordo com você !! ♥♥♥

      Excluir
  5. Olá! Como vai?
    Não tinha interesse de ler o livro por não saber sobre o que se tratava, mas, com sua resenha, meu Deus, preciso ler. Acho que uma distopia a qual diz que o amor é uma doença parece ser completamente fantástica. Tudo o que eu preciso. Agora entendo o motivo de muitas pessoas gostarem.
    Beijos,
    Karol.
    http://heykarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada karol !!! Eu gostei demais do livro, vale muito a pena !!! Beijos ...

      Excluir
  6. Esse livro é muito boom!! Adorei a forma como a escritora relatou o amor, e os sintomas que vão aparecendo quando Lena se apaixona por Alex. Estou doida para ler Pandemônio!
    Ótima resenha!
    Se puder dar uma passadinha http://www.leituraesuasmanias.com/
    Beijinhos :)

    ResponderExcluir

A Blogueira



Mari, ariana, apaixonada por livros, séries, filmes e maquiagem. Pretende cursar Relações Públicas e viajar o mundo inteiro. Quer saber mais? Acompanhe nas redes sociais...

Acompanhe

Fanpage

Leitores

Último Vídeo

Siga por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Tutoriais de Beleza

PróximasResenhas

Todos os Posts