Resenha: Para Sempre


Olá leitores !! Hoje trago para vocês a resenha de um livro que vem sendo bem criticado (negativamente) pelas pessoas que já leram. Pra quem não conhece, ele se chama "Para Sempre", primeiro livro da saga "Os Imortais", da autora Alyson Noel.




Autor: Alyson Noel
Editora: Intrínseca
Páginas: 255
Lançamento: 2009
Ever Bloom tinha uma vida perfeita: era uma garota popular, acabara de se tornar líder de torcida do principal time da escola e morava numa casa maravilhosa, com o pai, a mãe, uma irmãzinha e a cadela Buttercup. Nada no mundo parecia capaz de interferir em sua felicidade, o céu era o limite! Até que um desastre de automóvel transformou tudo em um pesadelo angustiante. Ever perdeu toda a sua família. Mudou de cidade, de escola, de amigos, e agora, além de todas essas transformações em sua vida, ela precisa aprender a conviver com uma realidade insuportável: após o acidente, ela adquiriu dons especiais. Ever enxerga a aura das outras pessoas, pode ouvir seus pensamentos e, com um simples toque, é capaz de conhecer a vida inteira de alguém. É insuportável. Ela foge do contato humano, esconde-se sob um capuz e não tira dos ouvidos os fones do i-pod, cujo som alto encobre o som das mentes a seu redor. Até que surge Damen. Tudo parece cessar quando ele se aproxima. Só ele consegue calar as vozes que a perturbam tão intensamente. Ever não entende o porquê disso, mas é incapaz de resistir à paz que ele lhe proporciona, à sensação de, novamente, ser uma pessoa normal. Ela não faz ideia de quem ou o quê Damen realmente é. Sua única certeza é estar cada vez mais envolvida... e apaixonada.

Entendam, eu não achei o livro ruim, mas não foi um livro surpreendente. Eu achei ele muito parecido com outros, quase uma mistura de várias séries que eu já li. 

Eu acho que o fato de muitas pessoas que leram esse livro já terem lido outros muito parecidos, teve certa resistência diante ao mesmo. Eu percebi que muitas pessoas que gostaram mesmo do livro, nunca tinham lido "Hush Hush" ou "Diários de Vampiro" (que na minha opinião se assemelha muito ao livro).

Não foi uma leitura incrível, mas foi agradável e bacana.

Conta a história de Ever, que é a única da família que sobrevive á um acidente de carro, e desde daí se ver diante de poderes sobrenaturais, além de consegui enxergar a aura das pessoas e ouvir pensamentos, ela consegue conversar com sua irmã morta.

No inicio do livro, nos é apresentado a rotina de Ever na escola, e seus poucos amigos: Miles e Haven.

Lembrando que é uma fantasia romântica muito clichê e previsível, mas que não atrapalha no desenvolvimento do livro.

Tudo muda com a chegada do "bad-boy" Damen (muito parecido com "Damon"), e como já se era bem esperado, ela se apaixona por ele, pios além de ser bonitão e bla-bla-bla, quando eles estavam próximos ou alguma coisa parecida, ela não ouvia os pensamentos de ninguém, se tornando "livre" dessa angustiante vida (lembrando que ela é rica, tem um quarto maravilhoso, tem carro e ainda consegue reclamar da vida), ou seja, ele traz paz e segurança para a vidinha "tristonha e infeliz" que ela diz ter.

E ao longo do livro, ela vai descobrindo mais sobre Damen e sobre si mesma.

Relembrando mais uma vez, quero deixar claro que eu gostei do livro, porque mesmo já sabendo mais ou menos como as coisas acontecerão e mesmo que a história não seja nada original, ela acaba sendo envolvente e eu consegui me apegar á história e aos seus personagens.

Vi resenhas dizendo que este era o melhor livro da série, e que os próximos só vão piorando e tal. Não sei dizer se é verdade, vou ler o segundo em breve e depois conto para vocês.

P.S.: Alguém de vocês já leram esse livro?? Se sim, alguém poderia por favor, me explicar aquela cena em que a Ever mata aquela fulaninha que eu esqueci o nome ?? Porque eu não entendi nada !! haha

13 comentários:

  1. Nunca nem me arrisquei a ler esse livro, justamente porque as pessoas dificilmente falam bem dele. Nunca me bateu nem uma pequena curiosidade acerca dele.
    Se bem que as pessoas não falem bem nem da autora. Ai complica. hehehe

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Justamente por ser tão criticado, eu resolvi ler para comparar mesmo !! Mas o livro não é ruim, o único problema é que a história é muito semelhante á outras sagas ... !!!

      Excluir
  2. Nunca li esse livro mas só pela sinopse já notei semelhança com Os Diários do Vampiro, mas mesmo assim acho que leria ele.

    Um beijo, Karine Braschi.
    Geek de Batom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karine é um bom livro, e também achei muito parecido com "Os Diarios do Vampiro", hehe !!!

      Excluir
  3. Oie :)

    Nossa meu animo para ler essa série está lá em baixo, depois de tantas resenhas negativas e positivas estou dividido, vamos ver né, beijos :D

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, existem muitas resenas negativas, mas vale á pena ler, pelo menos o primeiro !! Beijos !!

      Excluir
  4. Ei tudo bem?
    Olha ficou boa sua resenha,realmente quando chegar ao 3 e 4 livro,ficará com raiva de bastante personagem.O primeiro é lido no segundo no final começa...mas o livro (dependendo) te prende e mesmo estando ruim,você fica com aquilo na cabeça de querer saber como termina,fica revoltada querendo no ultimo livro o final melhor.Do 2 ao 5 é mesmo ruim mas o sexto é melhorzinho.A história é leve e até bonitinha.Recomendo ler o outro livro da história da irmãzinha dela(que é separado),mas conta a história dela em outro mundo,é super d+.
    bjus
    Tamires C.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tamires, muito obrigada pela indicação !!!

      Excluir
  5. Eu gosto muito deste livro. Já li todos. O que a Tamires disse é verdade, você vai ficar com muita raiva da Ever depois, hahahaha... Provavelmente por isso muita gente diz que piora, é que ela faz umas bobagens... Eu li quando era mais nova, então não é fácil para mim construir uma crítica dele agora, mas tenho um carinho especial, porque foi um dos livros que me fizeram gostar mais de ler.
    A parte que você pediu para explicar, eu vou tentar dizer de acordo com o que lembro: para matar um imortal, você tem que atingir o "chakra" dele (acho que era chakra), que é mais fraco. Dentro deles (dos imortais) há pontos com energias responsáveis por pontos específicos de sua personalidade. Não lembro qual era o ponto da ruiva, mas sei que foi algo que era fraco nela (acho que era algo do coração, incapacidade de amar de verdade, algo assim... não lembro). Sem querer, a Ever acertou este lugar. Aí puf! Ela morre. Simples assim.
    A mitologia criada nesta série é ótima. Pouco a pouco você vai descobrir as coisas, não perca a paciência! Continue lendo, vale a pena! O último livro é perfeito.

    Tem tag para você lá no meu blog.
    Beijos.

    http://vivianpitanca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Vivian, eu realmente não tinha entendido essa parte, rsrs !!! Vou lá dá uma conferida, beijos !!!

      Excluir
  6. Eu simplesmente amo a Alyson Noel, tive o prazer de conhecê-la na Bienal e tenho a coleção Os Imortais autografada por ela!
    E essa é a minha segunda coleção preferida!!!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Gisa! Que chique essa sua coleção autografada, haha!

      Beijos!

      Excluir
  7. E eu achei chato, ele só vai enrolando enrolando, com certeza muito parecido com outros livros que já li.

    ResponderExcluir

A Blogueira



Mari, ariana, apaixonada por livros, séries, filmes e maquiagem. Pretende cursar Relações Públicas e viajar o mundo inteiro. Quer saber mais? Acompanhe nas redes sociais...

Acompanhe

Fanpage

Leitores

Último Vídeo

Siga por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Tutoriais de Beleza

PróximasResenhas

Todos os Posts