Resenha: Garoto Encontra Garoto - David Levithan

em 11 de abr. de 2019

Olá leitores, tudo bem? 
Hoje vou compartilhar com vocês a minha opinião sobre o livro "Garoto Encontra Garoto" do autor David Levithan, espero que gostem!


Autor: David Levithan
Editora: Galera Record
Páginas: 240
Lançamento: 2014
"Paul estuda em uma escola nada convencional. A rainha do baile é uma quarterback drag queen, líderes de torcida andam de moto e a aliança entre gays e héteros ajudou os garotos héteros a aprenderem a dançar. Paul conhece Noah, o cara dos seus sonhos, mas estraga tudo de forma espetacular. E agora precisa vencer alguns desafios antes de reconquistá-lo: ajudar seu melhor amigo a lidar com os pais ultrareligiosos que desaprovam sua orientação sexual, lidar com o fato de a sua melhor amiga estar namorando o maior babaca da escola e, enfim, acreditar no amor o bastante para recuperar Noah."
Paul é um jovem garoto, morador de uma pequena cidade, onde homossexualidade não é vista como tabu, na sua escola por exemplo héteros e gays convivem harmoniosamente. Ele, desde jovem, sabia que era homossexual e nunca teve problemas com isso, sempre foi um rapaz seguro de si e apoiado pela família.

Ele tem dois melhores amigos, Joni e Tony. Tony diferentemente de Paul, vive um drama familiar, pois seus pais são super religiosos e ele também é gay. Já Joni, sua amiga de anos vive terminando e voltando com o seu relacionamento com Ted, um garoto que no começo se mostrou ser bem babaca, mas depois se redimiu.

Quem rouba a cena várias vezes é a superstar da escola, rainha do baile e quaterback do time da escola, a drag queen Infinite Darlene, ela é a parte divertida da história. Temos também Kyle, o ex de Paul, que o evita de todas as maneiras, a história desse afastamento é um drama bem chato na minha humilde opinião...

Tudo começa quando Paul encontra Noah, um garoto novo na cidade.. A história passa então a ser sobre os dois, o romance entre eles e também as brigas. O drama gira em torno de reconquistar o amor da sua vida, se entender com o ex, ajudar Tony em seu drama familiar, e lidar com o novo namorado bem mais babaca de Jony.

É um livro leve, bem fácil de ser lido em um dia, inclusive. Mas, eu não gostei muito não... Achei bem fraco, os personagens bem rasos (Infinite Darlene nem tanto), várias vezes quis parar a leitura por já prever o final.

Enfim, é um Young Adult com uma história diferente, mas não esperem nada muito profundo dela...

E você, já leu ou quer ler este livro? Conte aí nos comentários...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo