Crítica | Black Mirror: S03E01 - Queda Livre

em 30 de abr. de 2019

Olá leitores, tudo bem? 
Hoje vou compartilhar com vocês a minha opinião sobre o primeiro episódio da terceira temporada de "Black Mirror" da Netflix, espero que gostem!




Uma das postagens mais visualizadas aqui no blog são as resenhas dos episódios de "Black Mirror", já havia resenhado os episódios das duas primeiras temporadas aqui no blog e decidi trazer para vocês a resenha dos episódios da terceira temporada (e, posteriormente, da quarta)...

Como vocês sabem esta série traz muitas reflexões a cada episódio novo, mas a terceira temporada está arrasadora... Assim como nas temporadas anteriores, o cenário explorado na série é o da tecnologia e seus impactos no futuro (não tão distante assim).

Nesse episódio é contado a história de Lacie, uma mulher vivendo em um mundo perfeito em tons pastel, onde tudo é maravilhoso. Nesse mundo as pessoas são avaliadas (literalmente) por outras pessoas, de 0 a 5, com base nessas avaliações você pode conseguir empregos, comprar apartamentos e quanto mais alto a avaliação mais benefícios você consegue ter. 

Por isso as pessoas mantém em uma espécie de "rede social" do futuro chamado "star" suas vidas perfeitas. Quanto mais popular melhor (qualquer semelhança com a realidade atual não é coincidência)... 


A diferença é que no futuro essas "avaliações" refletem não somente na sua vida virtual, mas na realidade também. Lacie é popular, mas não é a elite dessa sociedade, por isso ela vive atrás de uma velha amiga, Naomi, com uma vida espetacular e prestes a se casar.

Com medo de receber uma avaliação ruim, todos vivem encenando uma grande peça diariamente, se comportam de acordo com as regras, são gentis o tempo todo (não querem ajudar, mas melhorar sua imagem), não existe espaço para imperfeições, pois uma nota ruim pode ser devastadora. 

Se formos pensar nos dias atuais, quantas contas no Instagram mostram uma realidade falsa, uma felicidade que não existe, e tudo para quê? Para quem?

Lacie quer muito ir ao casamento da amiga, pois lá estarão pessoas com notas altas que poderão ajudá-la a conseguir o tão esperado 4,5 que ela precisa para comprar o apartamento que está interessada, porém as coisas saem de seu controle. Ninguém consegue manter a máscara da perfeição o tempo todo, pois existem sentimentos que são inevitáveis, ao mesmo tempo que Lacie cai, ela se liberta.

As redes sociais são benéficas até quando não tiram sua liberdade de ser quem você é, as vezes é melhor "dá um tempo" nas visitas daquele perfil que mostra uma vida perfeita e parar de nos comparamos, cada ser é único e singular, e todos nós temos problemas, não existe vida perfeita, cuidado com o que você acompanha, pode refletir diretamente na sua saúde mental.

E você, já assistiu ou pretende assistir? Conte aí nos comentários...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo