Seriado: Desventuras em Série - 1° Temporada



Duração: 50 minutos
Nº de episódios: 08 episódios
Exibição: 2017
Emissora: Netflix
Gênero: Drama, Aventura, Fantasia
Elenco principal: 
Neil Patrick Harris, Patrick Warburton, Malina Weissman 
Os órfãos Baudelaire são três irmãos muito inteligentes; Violet é a mais velha, Klaus é o irmão do meio e Sunny é a mais nova, com três anos. Quando seus pais morrem, eles passam a morar com diferentes tutores, e o primeiro é Conde Olaf, que irá tentar roubar a enorme herança deixada pelos pais.

Seria essa minha série favorita do ano? Seria sim! A netflix só arrasa mesmo.

Desventuras em Série é uma série baseada em livros (que não li ainda), mas quem já leu fala que a série está fiel aos livros.

Na série, (que foi confirmada mais duas temporadas) cada dois episódios representam um livro da série, portanto nessa primeira temporada temos histórias dos livros "Um mau começo", "A Sala dos Répteis", "O Lago das Sanguessugas" e "Serraria Baixo-Astral".

Conhecemos os irmãos Baudelaire, Violet, Klaus e Sunny. No começo eles perdem os seus pais em um incêndio, a partir daí as crianças passam por cada situação de dar dó. 

Elas conhecem o bancário Sr.Poe que fica responsável por mandarem elas para um parente próximo. Mas um erro terrível acontece, e as crianças vão morar com o vilão Conde Olaf, que está interessado na herança das crianças e comete horrores com eles.


Várias aventuras são relatadas durante os episódios, e muitos mistérios surgem (provavelmente serão revelados nas próximas temporadas).

É uma série para o público infanto-juvenil, porém eu me encantei por ela. Fiquei bem angustiada em algumas partes, mas bem feliz á medida que as coisas davam certo para os Baudelaire (quase nunca)!


Filme: Procurando Dory



Direção: Andrew Stanton, Angus MacLane
Estreia: 30/06/2016
Duração: 95 minutos
Origem: EUA
Classificação indicativa: Livre

Um ano após ajudar Marlin (Albert Brooks) a reencontrar seu filho Nemo, Dory (Ellen DeGeneres) tem um insight e lembra de sua amada família. Com saudades, ela decide fazer de tudo para reencontrá-los e na desenfreada busca esbarra com amigos do passado e vai parar nas perigosas mãos de humanos

O que fazer quando você percebe que Procurando Nemo foi lançado há 14 anos? Já pode comprar o renew da avon né?! Assim como o primeiro filme, Procurando Dory é um sucesso!


O filme se passa um ano após Dory e Marlim terem encontrado Nemo. E dessa vez os procurados são os pais da Dory. Eles embarcam nessa aventura juntos, mas se separam algumas vezes. Outros personagens de Procurando o Nemo voltam a aparecer, mas novos também surgem e alguns roubaram a cena. Um deles é o Geraldo...



O que falar dessa personagem que sofre de perda de memória recente e fala baleiês? Ela simplesmente é cativante com toda sua ingenuidade e simpatia.

Não tem o que dizer, o filme é pra todas as idades e traz momentos e emoções nostálgicas e singulares.

Ah e nunca se esqueçam: Continue a nadar, continue a nadar...



Livros que Todo Jovem Deveria Ler


Olá leitores, tudo joia?


Hoje vou indicar livros que trazem mensagens preciosas e que todo mundo deveria ler, mas em especial os jovens! São livros marcantes e muito emocionantes que valem muito a pena serem lidos!

1) A Lista Negra - Jennifer Brown


Onde Comprar: Submarino| Saraiva
E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A lista negra, de Jennifer Brown, é um romance instigante, que toca o leitor; leitura obrigatória, profunda e comovente. Um livro sobre bullying praticado dentro das escolas que provoca reflexões sobre as atitudes, responsabilidades e, principalmente, sobre o comportamento humano. Enfim, uma bela história sobre auto-conhecimento e o perdão.
2) Extraordinário - R. J. Palacio


Onde Comprar: Submarino|Saraiva
O livro conta a história de Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Em um manifesto em favor da gentileza, ele enfrenta uma missão nada fácil quando começa a frequentar a escola pela primeira vez: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
3) Fale - Laurie Halse Anderson


Onde Comprar: Submarino|Saraiva
“Fale sobre você... Queremos saber o que tem a dizer.” Desde o primeiro momento, quando começou a estudar no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, uma típica farsa encenada para os calouros. Os poucos amigos que tinha, ela perdeu ou vai perder, acabou isolada e jogada para escanteio. O que não é de admirar, afinal, a garota ligou para a polícia, destruiu a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários colegas para a cadeia.
E agora ninguém mais quer saber dela, nem ao menos lhe dirigem a palavra - insultos e deboches, sim - ou lhe dedicam alguns minutos de atenção, com duvidosas exceções. Com o passar dos dias, Melinda vai murchando como uma planta sem água e emudece. Está tão só e tão fragilizada que não tem mais forças para reagir.
Finalmente encontra abrigo nas aulas de arte, e será por meio de seu projeto artístico que tentará retomar a vida e enfrentar seus demônios: o que, de fato, ocorreu naquela maldita festa?
4) Como Viver Eternamente - Sally Nicholls

Onde Comprar: Submarino|Saraiva
Meu nome é Sam. Tenho onze anos. Coleciono histórias e fatos fantásticos. Quando você estiver lendo isso, provavelmente já estarei morto. Sam ama fatos. Ele é curioso sobre óvnis, filmes de terror, fantasmas, ciências e como é beijar uma garota. Como ele tem leucemia, ele quer saber fatos sobre a morte. Sam precisa de respostas das perguntas que ninguém quer responder. ”Como Viver Eternamente”, é o primeiro romance de uma extraordinária e talentosa jovem autora. Engraçado e honesto, este é um livro poderoso e comovente, que você não pode deixar de ler. A autora tem apenas 23 anos e embora seja seu primeiro livro, ele está sendo lançado em 19 países, dirigido a crianças, adolescentes e adultos.

5) Todo Dia - David Levithan


Onde comprar: Submarino|Saraiva
Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.
Qual livro você adicionaria nessa lista? Deixe nos comentários!


TAG: 16 Perguntas sobre maquiagem


 

1 . Você tem 2 minutos para sair de casa… Qual o único produto que passa no rosto? Com certeza, um batom!

2 . Qual seu tipo de pele?
Oleosa, mas no inverno ela fica bem mais seca.

3. Costuma ir ao dermatologista com frequência? Faz algum tratamento? Já fui algumas vezes, mas não faço nenhum tratamento.

4.Qual o seu hidratante facial favorito? Porquê? Estou usando o da linha Soft Face, da Capricho pela Boticário, ele é o meu favorito do momento.

5 .Já teve problemas com acne? Sim, tenho ainda. Mas são bem poucas.

6.Algum produto de maquiagem te causou acne ou alergia?
Não que eu me lembre.

7.Prefere base ou corretivo? Em mim funciona assim: se eu passo corretivo, tenho obrigatoriamente que passar a base. Ou se passo só a base, não cobre algumas imperfeições. Portanto, um anda junto com o outro.

8. Prefere blush ou bronzer? Bronzer, porque além de servir como blush, dá uma afinada no rosto.

9 . Qual a sua marca preferida de batom? Porquê?
Não tenho uma específica, gostei da cor eu vou lá e compro.

10. Cílios alongados ou volumosos?
Alongados.

11 .Duas marcas preferidas de maquiagem: MakeB e Quem disse, Berenice?

12.Prefere comprar maquiagem em lojas físicas ou online?
Físicas, dá pra ver melhor todos os detalhes.

13.Já usou ou usa receitas caseiras para a pele? Já usei e muitas não deram certo, vou fazer um post sobre isso depois.

14 .Costuma dormir maquiada? Não, sempre tiro, lavo e tudo mais.

15.O que você aconselha para comprar quem quer começar a usar maquiagem? Pra quem ainda não tem muita pratica, compre uma base, um pó e um blush, acho que tá bom. Depois vai comprando outras coisas para aprimorar.

16.Qual o produto que você deseja muito comprar mas não o faz por ser muito caro? Todos da MAC (queria tanto ser rica)!

Top 5: Casais Eternizados na Literatura


Olá leitores! Tudo bem?

Hoje é dia dos namorados e para comemorar essa data escolhi alguns casais que são e eternizados na nossa literatura. Bora lá?


1) Romeu e Julieta - William Shakespeare

Em Verona, Romeu, um jovem, fica apaixonado e é correspondido por Julieta, uma donzela que pertence a uma família rival. No entanto, este amor profundo terá trágicas conseqüências uma vez que nenhuma das duas famílias, cada vez mais envolvidas em um conflito sangrento, não deixará que os dois consumem a paixão.
2) Capitu e Bentinho - Machado de Assis (Dom Casmurro)

Bentinho e Capitu são criados juntos e se apaixonam na adolescência. Mas a mãe dele, por força de uma promessa, decide enviá-lo ao seminário para que se torne padre. Lá o garoto conhece Escobar, de quem fica amigo íntimo. Algum tempo depois, tanto um como outro deixam a vida eclesiástica e se casam. Escobar com Sancha, e Bentinho com Capitu. Os dois casais vivem tranquilamente até a morte de Escobar, quando Bentinho começa a desconfiar da fidelidade de sua esposa e percebe a assombrosa semelhança do filho Ezequiel com o ex-companheiro de seminário.
3) Elizabeth Bennet e Fitzwilliam Darcy - Jane Austen (Orgulho e Preconceito)
Inglaterra, 1797. As cinco irmãs Bennet - Elizabeth, Jane, Lydia, Mary e Kitty  - foram criadas por uma mãe que tinha fixação em lhes encontrar maridos que garantissem seu futuro. Porém Elizabeth deseja ter uma vida mais ampla do que apenas se dedicar ao marido, sendo apoiada pelo pai. Quando o sr. Bingley, um solteiro rico, passa a morar em uma mansão vizinha, as irmãs logo ficam agitadas. Jane logo parece que conquistará o coração do novo vizinho, enquanto que Elizabeth conhece o bonito e esnobe sr. Darcy. Os encontros entre Elizabeth e Darcy passam a ser cada vez mais constantes, apesar deles sempre discutirem.
4) Noah e Allie - Nicholas Sparks (O Diário de uma Paixão)

Na década de 40, na Carolina do Sul, o operário Noah Calhoun e a rica Allie estão desesperadamente apaixonados, mas os pais da jovem não aprovam o namoro. Quando Noah vai para a Segunda Guerra Mundial, parece ser o fim do romance. Enquanto isso, Allie se envolve com outro homem. Mas quando Noah retorna para a pequena cidade anos mais tarde, próximo ao casamento de Allie, logo se torna claro que a paixão ainda não acabou.
5) Páris e Helena - Homero (Ilíada)

“Helena é meu nome, mas posso ouvi-los me chamando de adúltera nas minhas costas. Eu nasci em Esparta, mas fui embora para Troia, por amor. Eles costumavam dizer que eu era a mulher mais bonita do mundo e viviam julgando o quão pouco ganhei e o quanto perdi depois que fugi, mas eles não estavam lá depois de tudo o que passei. Eu estava.”

Resenha: A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista



Autor: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 224
Lançamento: 2013
Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

A resenha de hoje é bem curtinha, assim como o livro. A leitura é muito leve e fácil, aquele livro para se ler em um dia..

A história toda se passa em dois dias em um voo de Nova York para Londres. Hadley perdeu seu voo e está presa no aeroporto até conseguir embarcar no próximo. Ela está indo para o casamento do seu pai com uma nova mulher que ela não conhece, mas já odeia. Na verdade ela só está fazendo essa viagem porque sua mãe a obrigou.

É lá que ela conhece Oliver, um menino fofo que se senta ao lado dela no avião até a capital britânica. Na viagem eles vão se conhecendo e passam horas conversando como se fossem amigos há muito tempo.

É claro que rolou aquele clima apaixonado né?! Mas assim que desembarcam a magia acaba, e ela tem que enfrentar o casamento do pai. Será que eles vão se reencontrar algum dia?

Eu adorei o livro, bom para se distrair e passar o tempo, além disso o romance é inspirador! 

Dicas de Inglês: Gírias e Expressões em Inglês - Parte 5



Olá leitores! Tudo bem?

Vamos aprender hoje algumas gírias em inglês, espero que vocês gostem!





Cuidar da Beleza sem Prejudicar a Saúde


Olá leitores! Tudo bem?

Essas dicas são essenciais para todos nós que gostamos de nos cuidar, mas sem deixar de lado a saúde!
7list_7-dicas-para-cuidar-da-beleza-sem-prejudica-a-saude
Fonte: Seven List
 

Crítica | Black Mirror: S02E02 - White Bear


Olá leitores! Tudo bem?

Preparados para mais algumas reflexões loucas? ~haha~


Com certeza, um dos episódios mais ~pam~ da série, até agora estou absorvendo, e olha que faz algum tempinho que já assisti. 

Começamos o episódio com uma mulher desconhecida. Ela não se lembra de quem é e nem de onde veio. Em sua casa ela encontra uma fotografia onde supostamente ela está com seu marido e sua filha. E na TV um símbolo estranho que ela não entende.

Ela sai para pedir ajuda, mas todas as pessoas que encontra estão fotografando-a ou filmando-a, concentrados naquilo, sem dar nenhuma atenção para os pedidos de ajuda dela.


Até aí na série, vemos uma sociedade alienada pela tecnologia que vive através de uma tela. Quantas pessoas filmam os shows e concertos onde estão ao invés de realmente assisti-los?

Continuemos... Além de ninguém querer ajudá-la, surge pessoas mascaradas para persegui-la, sem motivo aparente nenhum. 

Ela encontra outros supostos fugitivos e se junta a eles. Descobre então que aquele símbolo estranho na TV tinha causado uma espécie de lavagem cerebral nas pessoas, e os que não foram afetados por ela eram perseguidos. Juntos eles vão até a central onde tudo acontece, White Bear, para tentar parar com tudo.

Pronto, agora se preparem para a reviravolta que ninguém esperava. Alerta de Spoilers (pule os próximos dois parágrafos)!


Quando estão prestes a desligar o dispositivo e parar com tudo, nos é revelado o que realmente estava acontecendo ali.

Era tudo um espetáculo, a protagonista é uma condenada por assassinato de uma criança, aquela que ela achava que fosse sua filha no começo do episódio, e como punição ela passaria por aquele 'teatro' todos os dias da sua vida. Bizarro né? Mais bizarro ainda são os 'atores' que participam disso e as pessoas que estão lá todos os dias para assisti-la sofrendo. Depois do final do show, a memória dela é apagada para no próximo dia começar de novo.


Bom, chega de spoilers. A crítica que eu consegui tirar desse episódio foi: a justiça com as próprias mãos se tornou um espetáculo. 

A justiça com as próprias mãos, no nosso país principalmente, é um assunto que preocupa, as pessoas estão tão desacreditadas da justiça brasileira que acham que têm o direito e poder de julgar e culpabilizar alguém por algo (isso acontece muito nesses países do Oriente Médio, onde muitos são apedrejados e etc). Triste é ver que as vezes pessoas inocentes são acusadas sem provas e passam por isso. Não é difícil achar notícias assim pelos jornais...

E mais uma vez, a tecnologia no meio disso tudo. Tudo se torna um espetáculo por trás das telas, o sofrimento alheio foi banalizado. As pessoas praticamente respiram através de câmeras celulares. É muito mais importante filmar um acidente de trânsito do que realmente buscar ajudar de alguma forma... Triste.

Bem pessoal, é isso que conseguir refletir sobre episódio. Se vocês já assistiram me contem o acharam!

TAG: Livros Opostos


Olá leitores!

Vou responder uma tag hoje bem interessante chamada "Livros Opostos". Vamos lá?!


Resenha: Amy&Matthew - Cammie McGovern



Autor: Cammie McGovern
Editora:Galera Record
Páginas: 336
Lançamento: 2015
Amy e Matthew não se conheciam realmente. Não eram amigos. Matthew sabia quem ela era, claro, mas ele também sabia quem eram várias outras pessoas que não eram seus amigos. Amy tinha uma eterna fachada de felicidade estampada em seu rosto, mesmo tendo uma debilitante deficiência que restringe seus movimentos. Matthew nunca planejou contar a Amy o que pensava, mas depois que a diz para enxergar a realidade e parar de se enganar, ela percebe que é exatamente de alguém assim que precisa. À medida que passam mais tempo juntos, Amy descobre que Matthew também tem seus problemas e segredos, e decide tentar ajudá-lo da mesma forma que ele a ajudou.E quando a relação que começou como uma amizade se transforma em outra coisa que nenhum dos dois esperava, ou sabe definir, eles percebem que falam tudo um para o outro... Exceto o que mais importa.
Muitas pessoas não gostam desse livro, mas eu não consigo entender o porquê... Eu adorei!

É um livro leve e fácil de ler, e traz ensinamentos que mudaram a minha forma de pensar.

Amy tem 17 anos e sofre de uma doença chamada Hemiplegia, que paralisa um lado do corpo, e que afetou a sua fala. Para se comunicar ela usa um computador portátil chamado Pathway, onde ela digita e o computador fala, muito parecido com Stephen Hawking.

Ela nunca teve amigos da idade dela, apenas adultos que a acompanhavam por causa da doença. Mas agora no último ano do ensino médio ela deseja mudar a situação e pede a mãe para fazer uma seleção para que seus colegas de sala se tornassem seus novos monitores. A princípio achei essa ideia um pouco triste porque ela estaria quase "comprando" as amizades, pois sua mãe pagaria os estudantes para ajudá-la.

Matthew é um garoto tímido que também tem uma doença chamada TOC, ele lava as mãos toda hora, confere fechaduras e têm mania de contar tudo o que vê. Ao longo do livro, vamos descobrindo o quão ruim é ser escravo da própria mente, ele também escuta vozes que não são agradáveis. A mãe tenta ajudar, mas ele se nega a buscar ajuda profissional.
Até que o destino dos dois se cruza, e por incrível que pareça quando Matthew está com Amy as vozes em sua cabeça somem, e ela pela primeira vez sente que pode confiar em alguém e experimentar os sabores de uma amizade.

Juntos eles vivem muitas coisas boas e ruins, e acabam criando um laço muito forte. Entre encontros e desencontros, o amor pelo outro prevalece. A mensagem desse livro é muito bonita, e como eu disse no começo, me fez mudar alguns pensamentos que eu tinha. 

Pessoas com deficiências, seja ela qual for, são iguais a todo mundo, se emocionam, se apaixonam, choram, riem, e vivem a vida além de suas delimitações. E percebi que elas não querem serem olhadas com sentimento de dó ou pena, mas sim com o olhar de igualdade. Recomendo muito esse livro!

A Blogueira





Acompanhe

Fanpage

Instagram

Leitores

Youtube

Último Vídeo

Siga por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

PróximasResenhas

Todos os Posts