Resenha: Como Se Livrar De Um Vampiro Apaixonado


Olá queridos!

Hoje trago para vocês a resenha do livro "Como Se Livrar De Um Vampiro Apaixonado".

Como se livrar de um vampiro apaixonado

Autor: Beth Fantaskey
Editora: Sextante
Páginas: 295
Lançamento: 2010
Casar-se com um vampiro certamente não estava nos planos de Jessica Packwood para seu último ano escolar. Mas quando um novo aluno esquisitão (e muito gato) chamado Lucius Vladescu aparece do nada, dizendo que Jessica pertence à realeza vampírica e está prometida em casamento a ele, futuro líder do clã mais poderoso dos vampiros, ela é obrigada a rever seus conceitos. Se a garota ainda nem beijou na boca, como pode sequer pensar em um compromisso eterno? Armada com uma autoconfiança recém-adquirida, Jessica passa por uma transformação drástica de adolescente nerd americana para princesa vampira europeia nessa sátira cheia de reviravoltas e surpresas.
Jessica Pacwood, é uma típica garota americana, (cheio de complexos, embora seja linda), mora em uma fazenda com seus pais adotivos e vive uma vida normal.

Até o dia que Lucius Vladescu, um europeu (nem precisa dizer que ele é bonitão né?!) chega na cidade e se hospeda na fazenda de Jess.

Tudo isso seria aceitável para Jess, se não fosse pelo fato de Lucius alegar ser um Príncipe Vampiro e que Jess é sua prometida noiva, futura princesa da corte de vampiros. E se ela recusar a se casar com ele, uma guerra terrível poderia acontecer.

Porém Jess reluta em acreditar nisso tudo, até porque quer ter uma vida normal ao lado de Jake, o seu namorado.

O que antes era desprezo se torna desejo. E Jess realmente cogita a ideia de se tornar uma princesa. Mas pode ser tarde demais. Já que Lucius cansou de insistir e está curtindo os prazeres da vida americana com outra garota.

Enciumada e com raiva, Jess decide lutar pelo seu príncipe que está cada vez mais distante e parece nem mais ligar para o pacto que os une.

Romance, humor, fantasia, suspense, ironia... Tudo em um livro só!!

Com um final surpreendente e que foge dos clichês vampirescos, o livro é encantador e pede por uma continuação.

Leiam. Leiam. Leiam.

Resenha: Extraordinário


Olá leitores !! Tudo bem?

A resenha de hoje é do livro "Extraordinário", e já posso adiantar que ele se tornou um dos meus favoritos ♥.


Autor: R.J.Palacio
Editora: Editora Intrínseca
Páginas: 318
Lançamento: 2013
August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade - um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.

Não tem como não amar Auggie, ou melhor, o livro inteiro!! 

Neste livro conhecemos um pouco mais sobre a realidade de August Pullman, um garoto que nasceu com uma doença rara que causou várias deformidades em seu rosto.

E desde pequeno sua mãe lhe ensina o que pode em casa, mas agora ele terá de começar o quinto ano em uma escola. O que significa que Auggie teria que lidar com olhares e comentários de todos os seus novos colegas.

E é desse jeito que vamos acompanhando o dia-a-dia de Auggie, as batalhas que ele teve que enfrentar, o preconceito, a discriminação... Enfim, não tem como não se emocionar com essa história.

Além de passar uma grande mensagem para todas as pessoas, que são ou não portadora de deformidades, que independente da condição em que nascemos, temos que valorizar a nossa vida, e o mais importante, provar que essas pessoas são iguais as outras e que devemos respeitá-las.

A narrativa é intercalada entre Auggie, seus amigos, e seus familiares sempre em 1° pessoa. 

Eu amei o livro inteiro e acho que todas as pessoas deviam ler essa bela história e tenho certeza que vocês vão se emocionar bastante.


Beijos !!!

Resenha: A Marca de Atena


Olá queridos! Como estão?

A resenha de hoje é de um livro de um dos meus autores favoritos, Rick Riordan. A Marca de Atena é o terceiro livro da série "Os Heróis do Olimpo".


A Marca de Atena

Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 480
Lançamento: 2013
Annabeth está apavorada. Justo quando ela está prestes a reencontrar Percy - após seis meses afastados por culpa de Hera -, o Acampamento Júpiter parece estar se preparando para o combate. A bordo do Argo II com os amigos Jason, Piper e Leo, ela não pode culpar os semideuses romanos por pensarem que o navio é uma arma de guerra grega: afinal, com um dragão de bronze fumegante como figura de proa, a fantástica criação de Leo não parece mesmo nada amigável. Annabeth só pode torcer para que os romanos vejam seu pretor Jason na embarcação e compreendam que os visitantes do Acampamento Meio-Sangue estão ali em missão de paz.
Os problemas de Annabeth não param por aí - ela carrega no bolso um presente da mãe, que veio acompanhado de uma ordem intimidadora: Siga a Marca de Atena. Vingue-me. A guerreira já carrega nas costas o peso da profecia que mandará sete semideuses em busca das Portas da Morte. O que mais Atena poderia querer dela?
O maior medo de Annabeth, no entanto, é que Percy tenha mudado. E se ele já estiver habituado demais aos costumes romanos? Será que ainda precisará dos velhos amigos? Como filha da deusa da guerra e da sabedoria, Annabeth sabe que nasceu para liderar; no entanto, também sabe que nunca mais vai querer viver sem o Cabeça de Alga.

Que livro é esse? Meu Deus, estou completamente apaixonada. Ele é simplesmente maravilhoso!!!

"A Marca de Atena" é o terceiro livro da série "Os Heróis do Olimpo", inclusive os dois primeiros já foram resenhados no blog.

O intervalo entre os dois primeiros livros foram de alguns meses, já esse livro começa no mesmo instante que o outro termina. 

É nesse livro que os semideuses romanos e gregos se unem em mais uma batalha para impedir que Gaia se desperte.

E Annabeth terá que travar uma longa batalha contra a pior inimiga de sua mãe, a deusa Atena, para recuperar a paz entre os acampamentos.

A narrativa é a partir dos pontos de vista dos quatro semideuses gregos, Annabeth, Leo, Piper e Percy, com muito mais descrição de detalhes.

O enredo deste livro é extremamente maravilhoso e não peca em nenhum aspecto, a trama está mais complicada e misteriosa, e cada acontecimento, cada descoberta nos deixa mais curioso.

Agora pulamos para o final... Que final foi aquele?? Arrebatador e que nos faz implorar por uma continuação.

Enfim, eu amo todos os livros do Riodan, mas esse superou todas as espectativas!!

Um livro repleto de aventuras, de suspense e de humor. Sem contar que os personagens são muito cativantes! (Tá, nem todos!)

Quem ainda não leu nenhum livro do Riordan... Leiam. Leiam. Leiam.

Espero que tenham gostado da resenha, tanto quanto eu gostei em fazê-la.
Beijos !!

Resenha: Bruxos e Bruxas


Olá pessoas !!! Tudo bem com vocês?

Então aqui estou eu mais uma vez para resenhar um livro para vocês. E como já anunciado a resenha de hoje será do livro Bruxos e Bruxas!


Bruxos e Bruxas

Autor: James Patterson 
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
Lançamento: 2013
No meio da noite, os irmãos Allgood, Whit e Wisty, foram arrancados de sua casa, acusados de bruxaria e jogados em uma prisão. Milhares de outros jovens como eles também foram sequestrados, acusados e presos. Outros tantos estão desaparecidos. O destino destes jovens é desconhecido, mas assim é o mundo sob o regime da Nova Ordem, um governo opressor que acredita que todos os menores de dezoito anos são naturalmente suspeitos de conspiração. E o pior ainda está por vir, porque O Único Que É O Único não poupará esforços para acabar com a vida e a liberdade, com os livros e a música, com a arte e a magia, nem para extirpar tudo que tenha a ver com a vida de um adolescente normal. Caberá aos irmãos, Whit e Wisty, lutar contra esta terrível realidade que não está nada longe de nós.
A história se passa em um mundo sob regime da Nova Ordem, onde a maioria dos jovens são acusados de bruxaria e onde qualquer manifestação artística é reprimida.

E com os irmãos Allgood não foi diferente. Eles foram praticamente sequestrados de suas casas e acusados de praticarem bruxaria, sem mesmo terem a noção de seus poderes.

E ao longo da história eles vão descobrindo suas histórias e seus verdadeiros dons e entram em uma aventura para salvar outras milhares de vidas de jovens que são acusados de bruxaria.

A narração é intercalada entre os irmãos Whisty e Whit, e os capitulos são breves e objetivos, o que faz o livro fluir rapidamente. A narrativa é rápida bastante cômica, com diálogos e pensamentos bem divertidos.

Os personagens foram bem construídos e explorados no livro. Um livro bem legal para quem gosta de magia e aventura.

A resenha de hoje foi bem breve, mas porque se eu contar mais acaba perdendo a graça.

Espero que tenham gostado !! Beijos

A Blogueira





Acompanhe

Fanpage

Instagram

Leitores

Youtube

Último Vídeo

Siga por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

PróximasResenhas

Todos os Posts